segunda-feira, 22 de março de 2010

Genêros textuais e outras coisinhas


Daí que amanhã minha gatinha faz 5 meses...pode uma coisa dessas? O tempo passa muito rápido. Agora ela já está experimentando outros sabores além do leite da mamãe. Comecei com as papinhas doces e o suquinho, enfim estamos nos preparando para a volta ao trabalho.  Cada dia que passa ela está mais fofinha e esperta. coloquei uma fotinha dela comendo papinha de mamão. Vê se eu não tenho razão?




Mudando de assunto...

Ano passado, trabalhando com meus professores sobre diversidade de textos, acabamos por fazer uma separação  por série sobre os diversos gêneros. Afinal sempre acontecia de ficar repetitivo os assuntos, e o que o aluno precisava mesmo saber às vezes nem era trabalhado em série alguma.
O trabalho ficou muito bom, pois todos participaram. Ai outro dia separando alguns textos para serem trabalhados nos encontros pedagógicos deste ano, encontrei uma abordagem muito interessante sobre os gêneros textuais. Nela tb encontrei duas opções de currículo para trabalhar com eles na prática. Achei ótimo, pois além de serem  searados por séries tb são separados por semestre ou bimestre, por atividades permanentes e projetos didáticos. Fica a dica, o texto encontra-se na Revista Nova Escola de Agosto de  2009.

Deixo o link abaixo pra vcs conferirem.



P.s.. O post anterior foi tão longo que não sei se vcs tiveram a paciência de ver as sugestões de cartão p páscoa. Dá uma olhadinha...
Bjs e até













3 comentários:

A. Martinez disse...

Mari é possível uma pessoa se descobrir vocacionada a fazer algo que nem sonharia quando cursava outra faculdade? Leio seu blog, suas dicas e fico cada vez mais fascinada e apegada ao universo escolar infantil. Me sinto agregada mesmo sem conhecimentos técnicos. Acabei de ver as propostas e achei muitíssimo interessante (mesmo sem conhecer as técnicas de desenvolvimento de aprendizado). Penso que nas rodas de conversa e na leitura diária também deve haver espaço para adentrar no folclore brasileiro. Poucas escolas focam neste sentido. Fez parte da infância de muitos pais e pode ser um veículo de interação entre pais e alunos. Trabalhinhos que possam trazer mais a participação de ambos já que os pais podem ter bem mais a contar dete universo tão fabuloso de saci, cucas, curupiras etc., assim como as cantigas em que geralmente as avós que ensinam. Ai eu me empolgo!!! A leitura compartilhada é bem bacana!!! Eu adorei mesmo!
Parabéns lindinha, vc realmente ama o que faz!

A. Martinez disse...

kg de coragem
1 xícara de esperança
½ colher de chá de humildade 2 copos de verdade
3 litros de tolerância.
.
Bata tudo no pensamento
Unte seu coração
Despeje nele os ingredientes
Agora é só esperar um momento
Conte até três
Está pronto!
.
Sirva para todos de casa:
A felicidade.

professoras fundamentais disse...

Também estou amando ler seu blog!
Somos de SP, seja bem-vinda por aq!
Super bjs,
Vânia Abrantes